Publicado em Conto

Conto: Lost In NY

stockvault-school-bus110210

Capítulo 2- A Grande Perda 

As férias daquele mês tinham passado muito rápido e em menos de 6 semanas eu já ia voltar a estudar, e aquele ano foi um dos piores da minha vida, eu ia me mudar e por causa disso eu tive que desistir de estudar onde queria. Eu ia me afastar da minha melhor amiga e das pessoa que estudaram comigo boa parte do ensino fundamental(mas delas eu não sentiria muita falta). E num piscar de olhos tive que voltar às aulas, e passar por tudo de novo.  Nas primeiras semanas não teve praticamente nada, fiquei sentado no meu canto perto da parede e não falava com ninguém, tinha muita vergonha de conversar com outras pessoas e pelo fato de ser excluído eu sabia que muitas pessoas falavam mal de mim pelas costas e me botavam apelidos, mas isso não me incomodava muito, passando-se uns 2 meses arranjei 1 pessoa que não era exatamente uma amiga, a gente só conversava sobre coisas da escola e outros assuntos, o nome dela era Camila e através dela conheci outra menina chamada Ágata e elas eram como eu, nos tínhamos praticamente todos os gostos parecidos, gostávamos dos mesmos cantores, musicas, livros, filmes. E depois de uns dias a Ana tinha me mandado uma mensagem falando que ia acontecer uma festa na casa de uma amiga dela, e que ia ter muita gente de várias cidades e que eu ia poder conhecer outras pessoas legais. No começo hesitei em ir, mas seria uma boa reencontrar ela e outras pessoas. E a festa ia ser em Abril, mas como teve alguns contratempos ela teve que ser no começo de Maio, e voltei a minha rotina normal naquela escola, eu tinha aula, no recreio eu comia e conversava com a Ágata e a Camila. Eu não queria ir sozinho até aquela cidade e então convidei elas para irem comigo e já como a festa já estava se aproximando depois da aula resolvemos ir em algumas lojas escolher alguma roupas legais para ir a festa. E nos três escolhemos uma roupa preta básica para ir, e até que as roupas estavam bem baratas.

O dia da festa tinha chegado e ela ia começar as 20:00 e como já eram 18:34 fui tomar banho, vesti a minha roupa e liguei para as meninas avisando que era pra elas estarem aqui as 19:40, disseram que estava tudo bem e que chegariam a tempo. E como tinha adivinhado elas atrasaram uns 4 minutos, mas não tinha me importado muito, só tranquei a casa e fomos direto para o ponto de ônibus e chegamos um pouco tarde na festa, mas 10 minutos não faziam mal a ninguém .E quando chequei à festa a Ana veio me cumprimentar:

– Oi Henri, quanto tempo, parece que são anos que não te vejo-falou Ana-

-Só uns meses, palhaça. Deixa eu te apresentar algumas amigas- eu tinha apresentado a Ágata e a Camila, e elas cumprimentaram a Ana e foram muitos simpáticas com ela-

-E quais são as novidades?

-Por enquanto, nenhuma. E você?

-Eu estou namorando o Felipe, foi muito útil aquele conselho que você me deu.

-Ah,um obrigado seria ótimo.

-Obrigado palhaço.

E a gente ficou conversando por um tempo até que o Felipe chegou todo animado querendo bater um papo com as minha amigas, e elas já tinham me lançado aquele olhar de socorro-manda-esse-idiota-pra-longe-daqui. E eu pedi pra ela pegarem uma bebida pra mim, claro que sem álcool, e eu ia junto com elas, mas o Felipe falou que precisava conversar comigo, então fui atrás dele até um canto que não tinha muita gente, ele estava um pouco bêbado e, coitado tinha apenas 18 anos e já estava naquela situação. Ele veio me pedindo desculpa falando que não era culpa dele o que ia acontecer, e que ele tinha se arrependido de ter participado daquilo contra mim. E outras coisas estranhas que eu não tinha compreendido. E fugi dele e falei com a Ana que eu já queria ir embora e ia procurar minhas amigas. E a Ana falou que estava tudo bem e ela tinha me pedido pra esperar mais um pouco que ela tinha me preparado uma surpresa.

E como estava muito tarde resolvi já chamar as minha amigas para ir embora, encontrei a Ágata e a Camila conversando com 2 carinhas e falei pra ela que eu já ia embora e depois elas me agradeceram porque não suportavam mais falar com aquelas pessoas e só via a hora de tudo isso acabar. E quando estávamos no portão a Ana veio com a Barbara e com outras garotas e garotos e eles jogaram ovos na gente, e não conseguia respirar muito bem por causa daquele cheiro, eu não acreditava que aquilo tinha acontecido comigo e justo a Ana tinha feito aquilo. Eu e as meninas fomos embora e só escutávamos gargalhadas de um monte de adolescentes estúpidos. E quando estávamos dobrando a esquina recebi uma ligação do hospital falando que o Felipe tinha sofrido uma parada cardíaca e queria muito falar comigo. Eu e elas fomos para o hospital e eu tinha chorado muito por causa disso, mas eu me controlei e chorei por dentro, naquela época conseguia esconder os meus sentimentos. E chegando ao hospital o medico me levou ao quarto onde ele estava e vi o Felipe cheio de fios no corpo em uma situação que me comoveu muito. E ele pediu para ficar sozinho comigo. O medico perguntou o que tinha acontecido com a gente, e ele foi embora com as meninas e elas foram explicando pra ele. E quando estávamos sozinhos ele começou a chorar e me pedir desculpas falando para eu perdoar ele por ter participado daquela brincadeira, e comecei a chorar junto com ele. Eu tinha ficado com muita raiva dele, mas ver ele naquela situação tinha me comovido muito, e então decidi perdoar ele. Ele tinha sofrido outra parada cardíaca e uns médicos vieram socorrer ele, mas ele morreu, ele era um dos meu melhores amigos, umas das pessoas em que eu mais confiava, e lembrar os momentos que passamos juntos e a nossa musica favorita “Fly” da Avril me emocionou muito e sai correndo do quarto chorando, e falei para o médico o que tinha acontecido e fui embora chorando com as minhas amigas, aquele tinha sido um dos piores dias da minha vida, e quando estávamos indo embora comecei a chorar, mas as minhas amigas me confortaram muito naquela situação.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s